UOL Últimas Notícias - Esporte - Futebol - Corinthians

quinta-feira, 1 de maio de 2008

100 Jogos na Copa do Brasil

Quando o Corinthians entrar na próxima terça-feira, em campo para encarar o São Caetano, no estádio do Morumbi, será a 100a vez que a equipe de Parque São Jorge disputa uma partida por essa competição.

Único time do estado de São Paulo com dois títulos na competição, o Corinthians só perde para Cruzeiro e Grêmio em número de conquistas. A Copa do Brasil já ajudou a consagrar jogadores e equipes, como o time campeão de 1995 e a equipe vencedora de 2002. Agora pode ser a chance de recuperar o prestígio e ganhar força para a disputa da série B.

Jogos: 99
Vitórias: 54
Empates: 22
Derrotas: 23
Gols marcados: 184
Gols sofridos: 98

Além dos dois títulos, o Corinthians já foi vice-campeão em 2001 e semifinalista em 1997. Nas duas oportunidades batido pelo Grêmio. Aliás o Grêmio é o maior algoz do Corinthians, com 4 eliminações. A única vez que o Corinthians bateu o Grêmio foi na final de 1995.

Apenas uma vez o Corinthians enfrentou um time do estado de São Paulo. As semifinais de 2002 colocaram frente à frente Corinthians e São Paulo. No primeiro jogo 2x0 para o Corinthians e no segundo jogo 2x1 para o São Paulo. Na soma dos resultados vantagem para o Todo Poderoso que chegou a final e ganhou o bicampeonato.

Quartas de final da Copa do Brasil

A CBF divulgou na tarde desta quinta-feira as datas e horários dos jogos das quartas-de-final da Copa do Brasil. O duelo entre Corinthians e São Caetano abre a fase nesta terça-feira, dia 6 de maio, às 21h (de Brasília), no Morumbi. O jogo de volta, às 20h30m do dia 13, ainda não tem estádio confirmado.

Dos classificados, apenas dois clubes já conquistaram o título da competição: Corinthians (em 1995 e em 2002) e Internacional (em 1992).

Jogos de ida
Terça, 06/05
21h - Corinthians x São Caetano - Morumbi (São Paulo)
Quarta, 07/05
19h30m - Vasco x Corinthians-AL - São Januário (Rio de Janeiro)
21h50m - Internacional x Sport - Beira-Rio (Porto Alegre)
Quinta, 08/05
20h30m - Atlético-MG x Botafogo - Mineirão (Belo Horizonte)

Jogos de volta
Terça, 13/05
20h30m - São Caetano x Corinthians - A decidir
Quarta, 14/05
21h50m - Sport x Internacional - Ilha do Retiro (Recife)
21h50m - Botafogo x Atlético-MG - Engenhão (Rio de Janeiro)
Quinta, 15/05
15h - Corinthians-AL x Vasco - Nelson Feijó (Maceió)

Parabéns Fiel

Ontem a noite no Morumbi, a torcida foi fundamental para que o Corinthians conseguisse uma vitória sobre o Goiás e avançasse na Copa do Brasil. A torcida será o grande aliado do time nessa temporada, principalmente, na difícil missão de voltar a série A do campeonato Brasileiro.

O que se viu nessa quarta à noite, estava se tornando raro. 50.773 fiéis empurraram o Timão que com um futebol aplicado e com determinação fez o placar necessário para enfrentar o São Caetano na próxima fase.

Mas, não era bem assim. Em 2007, apenas em um jogo, mais de 40 mil torcedores empurraram o Timão. Foi na sexta rodada do Campeonato Brasileiro, no empate sem graça com o Paraná Clube em 0x0. Esse público só não foi o maior do ano, porque na 34 rodada, no confronto contra o Flamengo, 70.178 torcedores estiveram presentes. Claro, em sua grande maioria rubro-negros.

Para sua curiosidade, em 2007, em 64 jogos, 1.094.369 acompanharam partidas do Corinthians. Nos jogos em São Paulo, foram 551.718 em 32 partidas. A média total foi de 17.100 torcedores e nos jogos em casa 17.241.

Na temporada 2008, em 24 jogos, 468.100 torcedores invadiram os estádios para assistir ao Todo Poderoso. Uma média de 19.504 torcedores por jogo. Nas 12 partidas em casa, todas no Morumbi, foram 263.264 torcedores, que representa uma média de 21.939.

Só nesses 4 primeiro meses do ano, três partidas tiveram mais de 40 mil torcedores. Conheça abaixo os jogos:

Corinthians 0x0 São Paulo - 41.221
Corinthians 0x1 Palmeiras - 48.930
Corinthians 4x0 Goiás - 50.773

Os números falam por si só. A fiel está de parabéns. Quem arrisca quantos torcedores estarão no duelo contra o São Caetano? Minha aposta .... 60 mil fiéis ... e Corinthians nas semifinais.

Nota da redação do blog: O público de ontem só não é o maior das últimas 4 temporadas porque em 27 de novembro de 2005, 65.032 fiéis invadiram o mesmo Morumbi para ver a vitória do Corinthians sobre a Ponte Preta por 3x1. Esse jogo foi o último em casa antes da conquista do tetra.

Até que enfim, Corinthians !!!!











Fazia muito tempo que não assistia a uma partida brilhante, perfeita, empolgante, maravilhosa do todo poderoso Corinthians. Ontem pelas quartas-de-final da Copa do Brasil, o Corinthians voltou a ser Corinthians. Marcação forte, dedicação dos jogadores, raça, vontade de vencer, técnica, habilidade, paixão e provocação.

O jogo com o Goiás tem tudo para se tornar em um marco na história recente do Corinthians. No Morumbi foi possível ver que a união faz a força. União dos jogadores que disputavam a bola, como os "fiéis" que lutam por seu salário no final do mês. União de jogadores e torcida. Cada um entendeu o que o outro precisava e podia fazer. Esse trabalho em conjunto rendeu 4 gols em 30 minutos. Toda a vantagem do time esmeraldino foi à baixo em apenas um terço de jogo.

Ontem não teve craque, não teve perna de pau, não teve vaia, não teve para ninguém. Até que enfim o Corinthians está de volta e com certeza, com essa atitude, os títulos e glórias voltarão em breve. Espero que não tenha sido apenas uma noite de outono em São Paulo e que seja o começo de uma temporada brilhante.

CORINTHIANS
Felipe; Carlos Alberto, Chicão, William e André Santos; Fabinho, Perdigão (Nilton), Lulinha (Éverton Ribeiro) e Diogo Rincón (Acosta); Dentinho e Herrera
Técnico: Mano Menezes

GOIÁS
Harlei; Vitor (Alex), Ernando, Paulo Henrique e Fabinho; Amaral, Ramalho, Evandro e Paulo Baier (Anderson Aquino); Alex Terra e Alex Dias (Schwenck)
Técnico: Caio Jr.

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Marcelo Bertanha Brison (RS) e Paulo Ricardo Silva Conceição (RS)
Público: 50.773 pagantes
Renda: R$ 576.865,00
Cartões amarelos: Paulo Henrique (G), Perdigão (C), Vitor (G), André Santos (C), Fabinho (G), Alex Terra (G)
Cartão vermelho: Fabinho (G)
Gols: Diogo Rincón, aos 5min e aos 16min, André Santos, aos 23min, e Herrera, aos 30min do primeiro tempo

domingo, 16 de março de 2008

Há luz no fim do túnel

A campanha de 2008 é um pouco superior à do ano passado, embora haja muito a melhorar. Veja a comparação dos números:

em 2007
8 vitórias
3 empates
5 derrotas
33 gols marcados
22 gols sofridos


em 2008
8 vitórias
6 empates
2 derrotas
23 gols marcados
9 gols sofridos

Confrontos - Corinthians x Fortaleza

Corinthians e Fortaleza já se encontraram na Copa do Brasil anteriormente. Foi em 2004, quando as duas equipes duelaram nas quartas-de-final. No primeiro jogo no Pacaembu um empate em 0x0. Em Fortaleza, novo empate, dessa vez por 1x1 e graças a um gol de Marcelo Ramos o Corinthians avançou as quartas-de-final. Acabou sendo eliminado pelo Vitória-BA.

Esse ano, uma vitória por dois gols de diferença classifica o Timão automaticamente.

Corinthians 2x2 Juventus

O melhor setor do Corinthians na temporada falhou e o Corinthians apenas empatou com o Juventus. Esse resultado fez com que o Corinthians perdess a chance de assumir a liderança e ainda pode ser ultrapassado por São Paulo ou Palmeiras e Ponte Preta.

Em resumo, podemos terminar em quarto nessa rodada e precisamos ganhar do Rio Claro e Marília em casa e conseguir uma vitória contra Santos ou Noroeste fora.

Mas antes disso, temos um jogo difícil pela Copa do Brasil contra o Fortaleza. Precisamos de mais atenção na defesa e um desempenho melhor do ataque para trazermos um bom resultado do Ceará para o jogo de volta no começo de abril.

CORINTHIANS
Felipe; Suarez (Éverton Ribeiro), Chicão e William; Carlos Alberto, Fabinho, Héverton (Caju), Diogo Rincón (Lulinha) e André Santos; Dentinho e Herrera.
Técnico: Mano Menezes
JUVENTUS
Marcelo; Dedimar, Valdir (Wagner), Gazaroto, e Naves; Fernando Miguel, Ludemar (Marcos Vinícius), Márcio Senna e Kanu (Vampeta); Fernando Diniz e Lima.
Técnico: José Carlos Fescina
Data: 15/03/2008 (sábado)
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)Horário: 16h
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (SP)
Auxiliares: Marcos Joel Alves (SP) e Luis Alexandre Nilsen (SP)
Cartão amarelo:Diogo Rincón (Corinthians); Dedimar, Marcos Vinícius, Fernando Miguel e Fernando Diniz (Juventus).
Gols: Fabinho, aos 18min do primeiro tempo; Lima, aos 10min, André Santos, aos 13min, e Marcos Vinícius, aos 15min do segundo tempo.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Marketing alvinegro II

Faltam 930 dias para o centenário do alvinegro. Uma data para ser comemorada, lembrada e vivida com muita intensidade. Confesso que tinha medo que essa data fosse de dias negros, mas o que vejo com essa diretoria me anima. Fazia tempo que nao me empolgava tanto com a administracao do Todo Poderoso. Eu era contra o Andrés, mas ele me surpreende e tenho que tirar o chapéu para ele.

Atualizacao sobre as acoes de marketing do Corinthians:

- Contrato de patrocínio com a Medial Saúde - R$ 16,5 milhoes por ano
- Renovacao do contrato de material esportivo com a Nike - R$ 12,6 milhoes por ano + novos produtos
- Contrato de patrocínio de manga das camisas - provavelmente EVEN (construtora) 30% do valor para o Corinthians e 70% para Medial
- E a melhor de todas: O estádio vai sair. R$ 350 milhoes investidos pela construtora (ainda nao divulgada) num terreno na Marginal Tietê. No dia 22 tudo deve ser concretizado. Vamos torcer e esperar que nao seja só um sonho.

Copa do Brasil - Corinthians 6x0 Barras

Oi galera, desculpe a falta de post nos últimos dias, mas estava com problemas para acessar a net, mas agora estou de volta e com sorte.
O Corinthians estreou bem na Copa do Brasil, fez o que tinha que fazer. Na verdade, fez até mais. Foi a melhor estréia do Corinthians em Copas do Brasil. Pela primeira vez goleamos um adversário fraco. Melhor do que eliminar um jogo do calendário e poder focar no Paulista, foi ver a molecada brilhando.
Dentinho o melhor da temporada até agora, marcou 3. Mostrou que tem faro de gol e que pode crescer e ajudar na volta a série A. Lulinha desencantou e com ele Herrera e Marcel. Lulinha está bem na criacao das jogadas e suas assistências estao sendo decisivas. Agora fazendo gols, tende a crescer mais. O que mais me agradou foi o sistema defensivo e a vontade de fazer gols. Fazia tempo que nao via o Corinthians com essa vontade. Apesar da limitacao técnica, o time está bem no ano. Já foram 9 jogos, com 4 vitórias, 4 empates e 1 derrota. Sao 15 gols marcados e 5 sofridos. Em 6 jogos o Corinthians nao levou gols.
A partida de ontem teve outras marcas para se lembrar:
- Desde 2005 o Corinthians nao marcava 6 gols ou mais num jogo. Último havia sido o 7x1 no Santos
- Roger havia sido o último jogador a marcar 3 ou mais gols num único jogo. Foram 4, contra o Rio Claro na vitória por 5x1 no Paulista-2007.
- Piauí sofre com Corinthians: 10x1 no Brasileiro de 83 contra o Tiradentes / 8x1 na Copa do Brasil de 2001 contra o Flamengo / 6x0 na Copa do Brasil 2008 contra o Barras.

Agora vamos esperar Fortaleza ou América-SE e torcer para avancarmos rumo ao título.

FICHA TÉCNICA:
BARRAS-PI 0 x 6 CORINTHIANS
Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data/hora: 13/2/2008 - 21h45min (de Brasília)
Árbitro: André L. F. Castro (GO)
Auxiliares: Fabrício V. Da Silva (GO) e Flávio G Kanitz (GO)
Renda/público: R$ 66.982,50 / 5.355 pagantes
Cartões amarelos: Micael, Juba, Coelho e Kester (Barras); Alessandro, Bóvio, Herrera e Carlos Alberto (Corinthians)
GOLS: Dentinho (20', 22' e 41'/1ºT), Lulinha (10'/2ºT), Herrera (25'/2ºT) e Marcel (46'/2ºT)
BARRAS: Flávio, Coêlho, Carlinhos, Juba, Kester; Josivan, Robson Baiano (Alemão 32'/1ºT), Barata e Naná; Sérgio Alves e Micael.
Técnico: Flávio Araújo.
CORINTHIANS: Felipe, Alessandro (Marcel 1'/2ºT), William, Carlão, André Santos, Bóvio, Bruno Octávio, Carlos Alberto, Lulinha; Herrera e Dentinho (Acosta 14'/2ºT).
Técnico: Mano Menezes.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Marketing alvinegro



Nesse blog mesmo, publiquei que não era a favor do Andrés para presidente, mas tenho que dar a mão a palmatória pelo trabalho que está fazendo. Não vou entrar no mérito da parte técnica e formacão de elenco.


Quero mencionar as acoes de marketing dessa diretoria.


1. A campanha "Nunca vou te abandonar" não precisa de comentários. Sucesso total com a galera.


2. Terceiro uniforme em "roxo" ressaltando o amor da torcida, deve ser sucesso.


3. A participacao na Fórmula Superliga vai fazer o Corinthians divulgar a marca no exterior e com bons resultados será um bom atrativo para investidores.


Sertãozinho 0x0 Corinthians

Não foi dessa vez que o Timão conseguiu vencer o Sertãozinho. No segundo confronto entre as equipes, novo empate, dessa vez em 0x0. O Corinthians comecou bem a partida, dando a impressão de que conseguiria a vitória facilmente. Depois de uma chance clara de gol desperdicada por Finazzi, a equipe passou a ser pressionada pelo time do interior e as coisas ficaram complicadas quando Perdigão foi expulso.

Foram 60 minutos com um jogador a menos e com apenas 2 chances de gol. O Sertãozinho pressionou e parou na excelente atuacão da defesa e do goleiro Felipe. Novamente ele garante o resultado.

Considero que o Corinthians enquanto estava com 11 jogadores foi bem e tinha chances de vencer. Os destaques negativos foram a dupla de ataque, que novamente não se acertou. Acosta ainda não embalou e parece perdido em campo. Cade vez mais acho que o Alessandro não deve jogar na lateral. Talvez no setor de meio-campo ele fosse mais produtivo. E claro, Perdigão prejudicou a equipe e abre espaco para a reestréia de Fabinho no próximo sábado. Ele e Bruno Octávio devem formar no momento o setor defensivo de meio campo alvinegro.

Download dos melhores momentos no site: http://www.esnips.com/doc/01d27cff-6bf2-4e3e-83ac-491ba0aeec38/2008---Paulista---Jogo-05---Sertaozinho-0x0-Corinthians

Destaque para a torcida: 25 mil pagantes ... os 3 maiores públicos do Paulistão são do Corinthians

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Confrontos - Corinthians x Sertãozinho



Nessa quarta-feira, Corinthians e Sertãozinho se enfrentam pela segunda vez na história. Na primeira oportunidade, no campeonato paulista do ano passado as duas equipes empataram por 2x2.


Vamos torcer por uma vitória do Timão em Ribeirão Preto.

São Paulo 0x0 Corinthians

O clássico no Morumbi, na tarde de domingo, foi um jogo bem movimentado, disputado, com algumas oportunidades de gol, mas faltou um algo mais.

O Corinthians sentiu falta de um armador para criar as jogadas ofensivas, o que limitou as possibilidades de gols a cruzamentos e escanteios. Finazzi perdeu um gol feito nos primeiros minutos. Acosta esteve apagado no jogo e tentou poucas jogadas com Dentinho.

O destaque do jogo foi o setor defensivo do Corinthians. Pela terceira vez no campeonato, em quatro jogos, o time nao sofreu gols. Existe a polêmica do gol do Adriano aos 41 minutos do segundo tempo, que particularmente, acho que foi falta.

O lance do jogo foi o gol perdido de Lulinha. O garoto ainda nao desencantou e perdeu uma chance sem goleiro. Falta um pouco mais traquilidade para a jovem promessa do terrao.

Outro destaque foi Coelho. Entrou e jogou bem. Criou oportunidades.

Meu destaque negativo é Alessandro. Assim como Marcel, nao justificou a contratacao.

Para que nao passe em branco. Mais um show da fiel torcida. Em maior quantidade do que a "bambizada", cantou, apoiou e incentivou a equipe os 90 minutos. Até a Globo se rendeu novamente a Fiel e mostrou por várias vezes a torcida cantando e até legenda colocou. Se tinha "bambi" no estádio, a Globo nao fez questao de mostrar. SHOW FIEL !!!!! VC É DEMAIS.

Dados do Jogo:

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 27 de janeiro de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Renda: R$ 668.390,00
Público: 41.221 pagante (145 não pagantes)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho Assistentes: Maria Eliza Correia Barbosa e Carlos Augusto Nogueira Júnior

Cartões amarelos: Joilson (SP), Alessandro (Cor), Chicão (Cor) e Rogério Ceni (SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Joilson (Carlos Alberto), André Dias, Miranda e Richarlyson; Fábio Santos, Hernanes, Souza e Jorge Wagner; Dagoberto e Adriano.
Técnico: Muricy Ramalho

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Bruno Octávio, Perdigão (Bóvio), Carlão e Dentinho (Coelho); Finazzi e Acosta (Lulinha).
Técnico: Mano Menezes.

Corinthians 2x0 Paulista FC (Jundiaí)

A segunda vitória do Corinthians no Campeonato Paulista, apresentou uma melhora na equipe. Os gols de André Santos e Acosta foram resultado de jogadas bem trabalhadas e de talento dos novos contratados do Timao. O gol de letra de Acosta foi qualquer coisa.

Bom para o Corinthians, que sobe na tabela, e nao deixa os rivais escaparem. Precisamos voltar as semifinais do Paulistao esse ano, para brigarmos pelo caneco.

Dados do Jogo

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23 de janeiro de 2008, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Hilton Francisco de Melo (ambos de SP)
Cartões amarelos: André Santos, Coelho e Bruno Octávio (C); Thiago Fraga, Dema e Rafinha (P)Público: 9.490
Renda: R$ 146.616
GOLS: CORINTHIANS: André Santos, aos 29 minutos do primeiro tempo. Acosta, aos 14 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Bruno Octávio, Perdigão (Carlos Alberto), Everton Ribeiro (Coelho) e Dentinho; Acosta (Lulinha) e Finazzi
Técnico: Mano Menezes

PAULISTA: Adinam; Dema, Diego Padilha e Devas; Marco Aurélio, Thiago Fraga (Marcelo Toscano), Réver, Ricardinho, Rodrigo Fabri (Júlio César) e Fábio Vidal (Rafinha); Neto Baiano
Técnico: Marcus Vinícius

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Confrontos - Corinthians x Paulista de Jundiaí


Corinthians e Paulista já se enfrentaram por 19 vezes no Campeonato Paulista. O alvinegro venceu 12 vezes e ocorreram 4 empates entre as duas equipes.

O Paulista consegui apenas 3 vitórias em toda a história do confronto.

A vantagem nos gols é toda do Corinthians. Um saldo de 24 gols, sendo 34 gols marcados e 10 gols sofridos.

O maior placar é de um jogo de 1936 com vitória alvinegra por 4x0 jogando no Pacaembu.

A última vitória corinthiana foi em 19.03.1986 por 3x0.

Na última partida, vitória do Paulista por 3x2 jogando em Jundiaí.

Nos últimos 4 jogos foram 2 empates e 2 vitórias do galo de Jundiaí.

São Caetano 3x1 Corinthians

Além do péssimo resultado e a manutencão do tabu contra o time do ABC, a equipe apresentou um péssimo futebol e não conseguiu segurar o ataque azulão.

O resultado da partida mostra que a equipe tem algumas falhas, principalmente no setor de meio campo, que precisam ser corrigidas. Marcel não está bem fisicamente e perdido em campo. Os volantes marcam muito de longe e deixam o ataque adversário avancar, estourando tudo nos zagueiros.

O Mano terá muito trabalho para deixar a equipe no ponto, principalmente para o clássico contra o SP no próximo domingo. Quem sabe ele não usa o Dentinho ou um dos estrangeiros. Coelho deve assumir a vaga na lateral direita e o Fabinho é titular absoluto dessa equipe. Além de marcar bem, sabe fazer gols.

Dados do Jogo:
SÃO CAETANO
Luiz; Wilton Goiano, Galiardo e Hernani e Andrezinho; Edson Borges, Tobi, Glaydson e Douglas (Canindé); Rafinha (Ademir Sopa) e Fábio Luís (Luan)
Técnico: Amauri Knevitz

CORINTHIANS
Felipe; Eduardo Ratinho (Lulinha), Chicão, William e André Santos; Bruno Octávio, Perdigão, Alessandro e Marcel (Dentinho); Acosta (Héverton) e Finazzi
Técnico: Mano Menezes

Local: estádio João Paulo II, em Mogi Mirim (SP)

Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Auxiliares: Marcos Joel Alves e Danilo Ricardo Manis

Cartões amarelos: Galiardo, Hernani e Tobi (São Caetano); Chicão e Perdigão

Gols: Fábio Luis, aos 19min, e Edson Borges, aos 33min do primeiro tempo; Luan, aos 26min, e Dentinho, aos 41min do segundo tempo

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Confrontos - Corinthians x Sao Caetano



No domingo, acontece a segunda partida do Corinthians no Campeonato Paulista. Será um jogo difícil, nao só pelo momento que vivem as duas equipes, mas também pelo histórico. Veja só:

Jogos em Campeonatos Paulista: 5

Vitórias: 0

Empates: 2

Derrotas: 3

Gols Pró: 4

Gols Contra: 9

Isso mesmo nunca vencemos o S. Caetano em Paulistas, mas quem sabe domingo nao seja o dia (Quero esse presente de aniversário !!!)

Confrontos - Corinthians x Guarani



Com a partida de ontem a noite no Morumbi, Corinthians e Guarani já se enfrentaram por 116 oportunidades em campeonatos paulistas. A vantagem do Corinthians é bem significativa, veja os números:

54 Vitórias

34 Empates
28 Derrotas

201 Gols a Favor

128 Gols Contra

Corinthians 3x0 Guarani

Foi uma excelente estréia no Campeonato Paulista. Apesar de ser um time sem estrelas, deu para perceber bastante vontade dos jogadores. O Mano Menezes armou a equipe com uma boa defesa e um meio campo forte na marcacao. Além disso, o ataque se movimentou bastante e criou várias oportunidades de gol e poderia ter feito mais se nao fosse a falta de pontaria e o goleiro do Guarani.

O Finazzi está prometendo muito gols e parece que vai cumprir. É um centroavante oportunista e que tem faro de gol. Os laterais (André Santos e Eduardo Ratinho) também mostraram forca ofensiva e foram muito bem no jogo. O Acosta mostrou ser o jogador diferenciado do Corinthians e que pode desequilibrar os jogos, criando boas oportunidades. O Perdigao parece voltar a ser o mesmo que jogou no Inter e dominou o setor de marcacao.

Agora a grande surpresa do jogo e da pré-temporada é o garoto Dentinho. Entrou no jogo no segundo tempo e deu muita movimentacao ofensiva a equipe que conseguiu marcar 3 gols em 25 minutos.

Dados do Jogo:

CORINTHIANS: Felipe; Eduardo Ratinho, Chicão, William e André Santos (Éverton Ribeiro); Bruno Octávio, Perdigão, Alessandro, Marcel (Dentinho) e Acosta (Lulinha); Finazzi
Técnico: Mano Menezes
GUARANI: Bruno; Maranhão (Fabinho), Danilo Silva, Max Sandro e Jonatas; João Paulo, Bruno Camargo (Dimas), Lucas (Marcinho) e Paulo Santos; Talles e Cris
Técnico: Roberval Davino
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Philippe Lombard
Auxiliares: Ednilson Corona e Marco Antonio Bagatella
Público: 29.037 pagantes
Renda: R$ 522.005,00
Cartões amarelos: Bruno Camargo (G), Eduardo Ratinho (C), Cris (G), Max Sandro (G), Acosta (C)
Cartão vermelho: Max Sandro (G)
Gols: Finazzi, aos 21min e aos 46min, e Dentinho, aos 27min do segundo tempo

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

História do Paulistão

Amanhã a bola irá rolar no Campeonato Paulista. Essa é a 107a edição da Competição. O Campeonato estadual mais importante e emocionante do país terá algumas curiosidades.

Mas primeiro, um pouco de história. O Sport Club Corinthians Paulista entra na disputa pelo 26o título e a manutenção da hegemonia do futebol paulista. A vitória esse ano, garante a hegemonia por pelo menos mais 5 anos, ou seja 2013. O Corinthians busca o terceiro título nesse milênio e também a liderança momentânea, já que São Paulo e Santos tem 2 títulos cada também. Há também um tabu a ser quebrado, 4 anos sem título paulista.

O Santos tentar repetir o feito de 1967, 1968, 1969 quando foi tricampeão paulista. Por sinal o último. Desde lá tivemos vários bicampeoes, mas nenhum tri. Uma curiosidade, apenas Corinthians, Santos e Palmeiras conseguiram o tricampeonato e apenas, o não mais atuante, CA Paulistano foi tetra-paulista.

O Palmeiras tenta quebrar um jejum de 11 anos sem o título paulista (o último foi em 1996). Por falar em jejum, o maior é do Corinthians 22 anos. Palmeiras ficou 16 anos na fila, Santos 21 anos e Sao Paulo 13 anos e a Portuguesa 34 anos.

Outra curiosidade são os times do interior: apenas 3 times do interior ganharam o título (AA Internacional de Limeira, CA Bragantino e Ituano FC). AA Ponte Preta e Guarani FC nunca conseguiram um título apesar de terem ido a decisoes. A Ponte por sinal amarga 4 vices e o Guarani apenas 1.

Nos anos terminados em 8, foram 10 campeonatos, os seguinte times foram campeoes: CA Paulistano (2 vezes), Corinthians (3 vezes), São Paulo (2 vezes) e Santos (3 vezes).

Para mais informacoes sobre todos os campeoes paulistas, acesse ao site e faca download do arquivo em pdf.

http://www.esnips.com/doc/081fec04-31a7-4d05-b71e-3a97a1e435a2/Paulistao

Quem será o campeão de 2008??? Eu aposto no Corinthians de Mano Menezes para surpresa de todos.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Numeração de camisas

Confira a numeração que será utilizada pelos jogadores corinthianos na temporada 2008:
1- Felipe
2- Eduardo
3- Chicão
4- William
5- Alessandro
6- Éverton
7- Éverton Santos
8- Perdigão
9- Finazzi
10- Acosta
11- Marcel
12- Weverton
13- Amaral
14- Cristian Suárez
15- Marcelo Oliveira
16- Valença
17- Herrera
18- Lima
19- Lulinha
20- Carlos Alberto
21- Bruno Octávio
22- Júlio César
23- Dinélson
25- Fábio Ferreira
26- Rafinha
27- André Santos
28- Nilton
29- Héverton
30- Carlão
31- Dentinho

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

O que fazer com Roger ????

Roger está entrando no quarto ano de contrato com o Corinthians. O resumo dessa longa passagem é bastante desastrosa. Em 2005, o início foi fraco, até o gol contra o Palmeiras no Campeonato Paulista. Subiu um pouco de producao e só jogou bola mesmo no Brasileiro daquele ano quando o Márcio Bittencourt assumiu o time. Deu azar e se machucou. Tentou voltar em 2006, mas depois da eliminacao da Libertadores, acho que ficou assustado e nunca mais jogou bola. Ficou só no chinelinho.

Em 2007, nenhum técnico quis ele no time. O Mano também nao quer. Ficar pagando salário para ele nao fazer nada é que nao pode. Ou coloca ele numa troca, por exemplo, com o Fabinho ou outro jogador que esteja no Japao, Ucrania, ... ou é melhor rescindir o contrato e liberá-lo.

De todos da parceria com a MSI, foi o que mais tempo ficou no time e o que menos jogou.

Elenco mais forte

11 novos jogadores para o técnico montar a equipe de 2008. Além do lateral direito Alessandro (ex-Santos) anunciado hoje, também chegaram Perdigao (volante ex-Inter e Vasco) e Marcel (meia ex-Palmeiras). Claro que nao sao jogadores de alto nível, mas considerando os desafios do Corinthians em 2008, acredito que eles serao úteis a equipe. O Perdigao é o jogador que tem mais chance de se acertar no Corinthians, jogando no setor defensivo do meio de campo. O Alessandro será um coringa para atuar na lateral e no meio.

As últimas declaracoes do Mano Menezes deixam claro suas intencoes. Ele armará uma equipe forte defensivamente e que irá explorar os contra-ataques com velocidade, procurando jogadas para o jogador de frente. Acredito que o Finazzi deve comecar como titular na semana que vem.

A grande notícia, pode ser a volta do volante Fabinho, que se concretizada será boa para a equipe. O Fabinho é um bom jogador, excelente marcador e bom na finalizacao de longa distância. Tomara que a diretoria consiga fechar negócio.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Começa 2008 - O ano da redenção corinthiana

Oi galera. Espero que vcs estejam acompanhando o blog. 2007 não foi dos melhores para o Corinthians, na verdade foi péssimo. Ainda estou de luto pelo que aconteceu em 2 de dezembro de 2007, mas agora um pouco mais otimista. A força que a torcida demonstrou nesses últimos 30 dias foi espetacular.

O Corinthians sem dúvida está acima de tudo no futebol do Brasil. É a torcida mais fiel e apaixonada que existe no mundo. Tenho certeza que o Coringão vai se reerguer, renascer das cinzas e se tornar mais forte do que já é.

O ano começa com um planejamento. Isso é bom. O novo técnico Mano Menezes é um dos melhores na atualidade e tem o estilo do Felipão. Fez um excelente trabalho no Grêmio e parece que terá vida longa no Parque São Jorge. Terá a missão de dar um título ao Corinthians nessa temporada e trazer o time de volta a série A do Brasileirão. Acredito que ele fará mais.

A equipe está ganhando uma cara nova e aparentemente boa. A diretoria agiu rápido nas contratações e apesar da demora renovou bem com o ídolo Felipe. Até agora foram 8 jogadores contratados: Acosta (ata), Herrera (ata), William (zag), Chicão (zag), Cristian Suarez (zag), Valença (zag), Rafinha (mei) e Lima (ata).

Acho que o Mano irá colocar na estréia contra o Guarani no dia 16 de janeiro a seguinte equipe:
Felipe, Eduardo Ratinho, William, Chicão e Everton; Carlos Alberto, Bruno Octávio, Rafinha e Lulinha; Acosta e Finazzi.

A equipe ainda precisa de reforços no meio de campo e quem sabe um outro atacante.

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Por que eu te amo Corinthians


Que 2008 seja um ano muito melhor !!!! Voltamos em 2008, com muitas estatísticas, vídeos e acima muito amor ao Coringao !!!!!

Corinthians nunca vou te abandonar


sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Corinthians x Internacional



43 partidas disputadas
13 vitórias do Corinthians
19 empates
11 vitórias do Internacional
45 gols marcador pelo alvinegro
48 gols dos colorados
Jogando em casa o Corinthians tem uma grande vantagem sobre o Internacional. Em 21 partidas foram 10 vitórias, 7 empates e 4 derrotas. O Corinthians balancou a rede 25 vezes e o Inter apenas 20 vezes. No Pacaembu: 7 vitórias, 4 empates e 3 derrotas. Gols 18 a 15 para o Corinthians.
Placar mais comum: Foram 10 empates em 1x1 em toda a história de Corinthians e Inter em Campeonatos Brasileiros
Maior goleada: Por três vezes os colorados ganharam de 3x0 do Corinthians, duas em Porto Alegre (2004 e 2007) e uma em pleno Pacaembu (1990). O Corinthians conseguiu vitórias expressivas também: vitória de 4x2 em pleno Maracana em 1999 (Corinthians havia perdido mando de campo). O placar de 3x1 se repetiu por duas vezes ambas em Sao Paulo (sendo uma vitória do Corinthians e outra do Inter)
Tabu: O Corinthians nao vence o Inter em Brasileiros desde Agosto de 2003 (vitória por 3x1). Desde entao foram 4 empates e 3 derrotas.
Nelsinho Baptista: Se o retrospecto do técnico contra Sao Paulo e Fluminense era muito bom, e se manteve assim, contra o Inter as coisas sao bem diferentes. O torcedor tem que torcer para que mais um tabu se quebre. A frente do Corinthians em Brasileiros, Nelsinho enfrentou o Internacional em 4 oportunidades e empatou um jogo e perdeu os outros 3. Foram dois gols marcados e 9 sofridos.

Homenagem a Betão - As imagens falam por si só !!!!




Salve Betão, o único corinthiano desse time !!!!!!! Garra !!!!!


Corinthians x São Paulo



Desculpem o atraso nas estatísticas, mas agora ficou muito melhor ....
42 partidas disputadas
14 vitórias do Corinthians
17 empates
11 derrotas (vitórias do São Paulo)
37 gols do alvinegro
39 gols do tricolor
Maior goleada: Vitória do São Paulo por 5x1 sobre o Corinthians em 2005.
Placar mais comum: Por oito vezes o clássico terminou 1x1, em outras 8 vezes 0x0, também foram 8 vitórias do Corinthians por 1x0
Por 3 vezes o jogo foi realizado no interior paulista. 1 vitória para cada time e 1 empate.
Pacaembu: Jogando no Pacaembu foram 4 vitórias para cada time e 1 empate
Morumbi: Foram 9 vitórias do Corinthians, 6 derrotas e 15 empates

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Jogo 30 - Campeonato Brasileiro - Sao Paulo x Corinthians

Foi sofrido. Foi na garra. Foi na vontade. Foi no sufoco. Foi honroso. Foi glorioso. Foi chorado.

Até que enfim o tabu acabou ... até que enfim uma vitória sobre os "bambis". Foi com gol de Betao. Nao saímos da zona de rebaixamento. Nao melhorou a nossa situacao na tabela. Mas ganhamos. Vitória digna da história do Corinthians. Vitória vinda com o símbolo da raca do Timao. Nos últimos 3 jogos, foram 3 gols de cabecas, 3 gols de zagueiro, 2 gols de Betao.

Betao é o símbolo da raca do Corinthians. É o jogador do terrao, é o jogador que nao tem técnica, mas tem garra, vontade e ama a camisa.

Obrigado Betao por essa vitória .... obrigado pelo fim do tabu.

Vídeos Corinthians - Youtube

Loading...